Fornos contínuos para tratamento térmico sob hidrogénio

Os fornos contínuos são a escolha certa para processos de funcionamento contínuo com tempos de ciclo fixos, tais como pré-aquecimento, envelhecimento, têmpera ou recozimento. O design do forno depende do desempenho necessário, dos requisitos do processo para o tratamento térmico como, por exemplo, a temperatura e atmosfera do processo e o tempo de ciclo necessários.

Os fornos de funcionamento contínuo são adequados para o tratamento térmico de pequenas peças em grandes quantidades numa atmosfera de gás de proteção ou de reação como, por exemplo, soldadura, endurecimento ou recozimento.

Através da utilização de uma retorta estanque ao gás, são geradas atmosferas de gás de proteção controladas no forno. Caso utilize hidrogénio ou gás de craqueamento como gás de processo, o forno está equipado com a devida tecnologia de segurança.

Fatores como a temperatura máxima de trabalho, a carga e a geometria do lote desempenham um papel na seleção do sistema de transporte. As correias de transporte mais comuns são as correias de elos ou os tapetes metálicos. Para o recozimento de fios ou correias, são utilizadas correias ou fios que passam pelos fornos, nos quais o lote é desenrolado antes do forno e novamente enrolado após passar pelo forno, sendo assim puxado através do forno.

Para obter um arrefecimento mais rápido dos componentes, existe um revestimento duplo arrefecido a água instalado diretamente na zona de aquecimento cujo comprimento é determinado pelos requisitos de temperatura de extração.

Veja também o vídeo do nosso produto.